YOOtheme

*Por Luiz Francisco Pianowski

A abundância de recursos naturais do Brasil, com sua matriz energética limpa, cobertura florestal e imensa biodiversidade, associada à necessidade mundial cada vez maior de produção de bens de consumo, faz do nosso país um dos maiores potenciais globais rumo ao desenvolvimento econômico social nos próximos anos.

Para a indústria nacional, esses ativos, se bem utilizados, são inegáveis vantagens frente ao resto do globo. Veja só: estima-se que o Brasil possua cerca de 30% das florestas tropicais do mundo e estas, por sua vez, abrigam mais da metade das espécies conhecidas da fauna e flora mundiais. Como não pensar na utilização sustentável (é importante que se diga) dessa biodiversidade em prol da população, gerando saúde e riquezas?

Um bom caminho para ao desenvolvimento é investirmos na produção nacional de fitomedicamentos. Apesar da riqueza das nossas florestas, a indústria de fármacos, medicamentos e cosméticos funcionais ainda carece de jurisdição adequada e interlocução entre os diferentes pontos da cadeia, de forma que promova o bom funcionamento do setor desde os pequenos agricultores, passando por pesquisadores e universidades e chegando à indústria. A elevada burocracia aliada à insegurança jurídica tem levado à paralisação de pesquisas com a biodiversidade brasileira no país, com evidentes prejuízos ao aproveitamento sustentável dessa riqueza.

Para fortalecimento desse complexo produtivo latente no Brasil, é preciso engajamento público e privado, que absorva as oportunidades e encare os desafios e se posicione à altura da riqueza que tem.

* Luiz Francisco Pianowski é pesquisador, presidente do laboratório Kyolab e membro do Conselho Científico da Amazônia. Farmacêutico com Doutorado em Tecnologia Farmacêutica (Porto-Portugal), Pianowski é um dos profissionais diretamente envolvido nas pesquisas de fitomedicamentos que visam o combate a alguns tipos de câncer (AM10) e ao vírus do HIV (AM12).

Sobre a Kyolab

A Kyolab (outrora Pianowski & Pianowski Ltda.) é uma empresa de pesquisa e desenvolvimento de produtos farmacêuticos e cosméticos, com expertise em fitomedicamentos. Produz e padroniza extratos vegetais, isola e identifica substâncias ativas. Luiz Francisco Pianowski teve participação como inventor em 25 patentes depositadas de produtos que estão no mercado, como: Acheflan, Giamebil, Prostokos , Sintocalmy, Imunoglucan, Kronel etc, etc. A Pianowski & Pianowski e a Kyolab somam nove anos de atuação no mercado.

Agosto/2012

Informações para a imprensa:

Fonte Comunicação

Luciana Ramos (19) 8180-8430
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar

Emília Zampieri (19) 9690-2823
Este endereço de e-mail está protegido de spam bots, pelo que necessita do Javascript activado para o visualizar